Crítica Rápida

À Procura de Uma Estrela
Ninguém consegue fazer de À Procura de Uma Estrela mais que aquilo que é: um drama insípido, que nem sequer tenta afastar-se da previsibilidade que já lhe é concebida à nascença.

Crimson Peak: A Colina Vermelha
É inacreditável como se consegue desperdiçar tanto potencial, especialmente por parte de um cineasta que já deu provas no passado de nos envolver numa história fascinante.

Sicario - Infiltrado
Quando se sai da sala com o ritmo cardíaco tão acelerado e com poucas ou nenhumas unhas ainda por roer, então esta foi certamente uma experiência que valeu a pena.

A Visita
Há algo que joga e muito a favor do filme e que o põe uns furos acima do mediano: não se leva muito a sério.

A Ovelha Choné - O Filme
Apesar da mudança de cenário, o humor caraterístico do programa e a criatividade na construção das várias peripécias dos nossos protagonistas continua patente.

Divertida-mente
Pura e simplesmente brilhante! Uma aventura colorida e visualmente original, repleta de personagens inesquecíveis e momentos onde o adjectivo comovente parece insignificante junto daquilo que eles nos fazem sentir.

Vingadores: A Era de Ultron
Intragável, uma saladinha de frutas com utilização excessiva de açúcar para esconder a sua falta de sabor.

Cobain: Montage of Heck
A forma como nos aproximamos da personalidade "cobainiana" põe-nos a sentir desolados com os maus caminhos que o rapazote louro e brincalhão que conhecemos nos primeiros minutos do filme nos vídeos da sua mãe toma.

Focus
Os esquemas criminosos são parvos (e mal explicados), o thriller construído é anedótico e os segmentos dramáticos entre um Nick à procura de redenção para voltar a ter Jess nos seus braços são traduzíveis na palavra aborrecido.

As Asas do Vento
Das animações mais aborrecidas e insípidas dos últimos tempos, e aquela que mais me desiludiu tendo em conta quem está por detrás do filme.

Cake - Um Sopro de Vida
O mérito da sua boa qualidade é maioritariamente de Aniston, mas não podemos deixar de destacar a boa construção da narrativa que não toma caminhos previsíveis e sabe jogar sempre bem com as cenas mais fortes e os momentos mais enternecedores.

Citizenfour
Um dos primeiros (senão mesmo o primeiro) grande documentário sobre o século XXI, a era da Internet e todos os seus grandes perigos.

Antes de Adormecer
Pouco ou nada acontece, e o que acontece, pouco ou nada surpreende, já que a conceção de plot twist de Rowan Joffe está ao nível de a de uma telenovela daquelas que preenchem o horário nobre.

Leviatã
Quem tiver coragem e vontade de mergulhar numa das grandes parábolas sobre a política e a sociedade atual, recheada de grandes paisagens e maravilhosas performances, não se vai arrepender.

Vingança ao Anoitecer
O mal já lá estava, os produtores só o tornaram ainda pior.

Relatos Selvagens
Em todos os segmentos há magníficas prestações por parte de todo o elenco, um grande trabalho de fotografia e excelentes técnicas de filmagem assinadas por Szifrón.

Olhos Grandes
Uma fita muito divertida e animada, que promete entreter aqueles que quiserem ver um Tim Burton de volta aos trabalhos de qualidade.

A Teoria de Tudo
Não é um filme perfeito (longe disso), mas consegue balançar muito bem entre a componente biográfica e romântica do seu enredo.

Selma: A Marcha Pela Liberdade
Numa altura onde os prémios da Academia e género do biopic parecem estar a perder credibilidade, Selma: A Marcha Pela Liberdade revela-se uma boa surpresa.

Cometa
Não é algo memorável, e considerando aquilo que prometia nos minutos inicias e na própria premissa, deixa muito a desejar.

O Meu Nome é Alice
Poderíamos dizer que vivemos de perto os dramas das personagens devido à sensacional interpretação de Julianne Moore, mas há muitos outros fatores que fazem deste filme uma obra bastante interessante e cativante.

Whiplash - Nos Limites
A expressão "Sangue, suor e lágrimas" é reproduzida literalmente nas desesperadas acções de Andrew para convencer Fletcher de que é um baterista talentoso.

A Noite Cairá
Até pode ser muito convencional, sendo estruturado como qualquer documentário que passa na televisão, mas o seu conteúdo supera qualquer erro ou detalhe menos conseguido.

Sniper Americano
A guerra do filme é-nos mostrada através de cenas de alto nível, que junta à muita ação que se deseja neste tipo de longas um tom de realismo raramente presente no género.

Um Verão na Provença
O feel-good movie perfeito para desopilar nesta época de prémios e, não sendo o trabalho do ano, é sem dúvida merecedor de uma vista de olhos.

Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
Iñárritu deu (literalmente) asas à sua imaginação e 2015 pode assim orgulhar-se de, em menos de um mês, já ter estreado uma obra-prima em Portugal.

O Jogo da Imitação
Os clichés e o convencional dão as mãos e reduzem uma história fascinante a um filme que não merece nem metade do inexplicável reconhecimento e atenção que esta época de prémios lhe está a dar.

Invencível
A fita está, aliás, muito bem ritmada (a gestão dos momentos mais fortes com os comic reliefs é perfeita), mantendo-se séria e plausível, pegando nos muitos clichés dos biopics tradicionais e transformando-os inteligentemente em cenas muito boas.

Autómata
O seu tom monótono e um enorme conjunto de personagens inúteis, desinteressantes e mal construídas faz com que a narrativa da fita seja muito pouco cativante.

Big Hero 6 - Os Novos Heróis
Tudo o que o público gosta nos filmes de “bonecada” e nos de ação e super-heróis está presente em cada minuto de Big Hero 6.

Mamã
Somos convidados a sentar-nos junto de três pessoas normais para entrarmos numa viagem única, conduzida por uma linha instável de dramas comoventes. Xavier Dolan dirige-nos por caminhos duros e cruéis, e ficamos mais que habilitados a descarrilar num mar de lágrimas.

Sem comentários:

Enviar um comentário